Geral

EUA: Ferguson tem nova onda de violência por morte de jovem negro

Da Redação ·
Foto: Carlos Avila Gonzalez, The Chronicle
Foto: Carlos Avila Gonzalez, The Chronicle

Novos distúrbios ocorreram nesta terça-feira (25) na cidade de Ferguson, nos Estados Unidos. A decisão de não indiciar o policial Darren Wilson, que em agosto matou o jovem negro Michael Brown, teria motivado a nova onda de caos. Tiros e explosões foram ouvidos na cidade do estado de Missouri. Carros incendiados e saques também foram registrados. As informações são do G1.

continua após publicidade

Manifestantes queimaram edifícios, saquearam lojas e atiraram contra a polícia. Tropas de choque, FBI, Swat e a Guarda Nacional foram nas ruas de Ferguson. Tumultos foram controlados com gás lacrimogêneo.

Segundo o sargento Brian Schellman, da polícia de St. Louis, 61 pessoas foram detidas. Os confrontos representaram a pior noite de distúrbios na cidade desde agosto.

continua após publicidade

Entre os presos estão pessoas com idades entre 17 e 66 anos. A polícia ainda não tem um balanço de estragos e prejuízos. Pelo menos 150 tiros foram disparados na região durante os protestos, mas nenhuma pessoa com ferimento grave foi registrada. Pelo menos 12 imóveis foram incendiados pelos manifestantes dentro da cidade e nas proximidades – a maioria foi totalmente danificada.

Confira matéria completa AQUI