Geral

Campanha contra a aids na África do Sul pretende atingir 40 mil pessoas

Da Redação ·

A campanha Marque um Gol – Brasil e África do Sul no Campo de Batalha contra a Aids pretende atingir 40 mil pessoas durante os 18 dias em que será realizada. Baseada no projeto brasileiro que é referência em trabalhos de conscientização, a campanha foi lançada hoje (2) em Joanesburgo, capital sul-africana.
 

continua após publicidade

Em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, o coordenador de Publicidade do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids (DST/Aids) do Ministério da Saúde, Mauro Siqueira, explicou que a iniciativa é uma maneira de colaborar com países que sofrem com a transmissão do vírus.
 

“Essa referência que o país tem hoje em políticas de prevenção do vírus HIV nos dá a responsabilidade de compartilhar com outros países o trabalho desenvolvido, ajudando a reduzir as transmissões”.
 

continua após publicidade

Mauro Siqueira disse ainda que a campanha deve atingir, em média, 15 mil jovens, que receberão preservativos e participarão de palestras sobre as formas de transmissão do vírus e de outras doenças sexualmente transmissíveis.
 

O mundo tem cerca de 33,4 milhões de pessoas infectadas pelo vírus da aids, segundo o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids). Desse total, aproximadamente 5,7 milhões vivem na África do Sul – país que abriga o maior número de portadores do vírus no mundo.