Geral

Casal usa antena de celular para conseguir sinal e morre eletrocutado

Da Redação ·
Na manhã desta sexta (21), a família aguardava a liberação dos corpos em frente ao IML de Ponta Grossa (Foto: Viviane Mallmann/RPC TV)
Na manhã desta sexta (21), a família aguardava a liberação dos corpos em frente ao IML de Ponta Grossa (Foto: Viviane Mallmann/RPC TV)

Um casal da área rural de Ipiranga, na região dos Campos Gerais do Paraná, morreu eletrocutado depois de usar uma antena de celular para conseguir fazer ligações, na noite de quinta-feira (20). De acordo com a Polícia Militar (PM), durante a busca de sinal, eles acabaram encostando a antena na rede de alta tensão e receberam uma descarga elétrica. O marido e a mulher, que estava grávida de seis meses, morreram na hora.

continua após publicidade

Nas residências de área rural, o uso de antenas de celular é bastante utilizado pelos moradores. São equipamentos pequenos, semelhantes a antenas de televisão. Ela pode ser instalada em qualquer lugar para captar o sinal da operadora. Segundo informações da Companhia Paranaense de Energia (Copel), por ser de fácil manuseio, eles amarraram a antena na ponta de um bambu e depois, saíram a pé na tentativa de encontrar o sinal. No entanto, acabaram encostando na rede elétrica. O choque que os dois levaram é considerado de média tensão e pode ter chegado a 19.500 watts.

O homem tinha 35 anos e a mulher, 29 anos. Vizinhos chamaram por socorro, mas quando a ambulância chegou no local, já não era possível fazer mais nada. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa, também nos Campos Gerais. Na manhã desta sexta-feira (21), a família aguardava a liberação dos corpos em frente ao IML.

continua após publicidade

O oficial de comunicação do Corpo de Bombeiros, tenente Matheus Justino Cândido, alerta a população para evitar tragédias como a que aconteceu com o casal. “Jamais se arrisque em dias chuvosos, como era a condição do tempo no momento. A instalação e a manutenção de qualquer tipo de antena deve ser feita por profissionais. Se não houver alternativa, a rede elétrica precisa ser desligada”, orienta.

O tenente ainda avisa que jamais se deve instalar ou mexer em antena próxima à rede de alta tensão. Em caso de choque, não tocar na vítima, pois a pessoa que for ajudar também receberá a descarga elétrica.