Geral

Casal morre eletrocutado ao tentar arrumar antena no Paraná

Da Redação ·
Casal Barth atuava na área rural com a plantação de tabaco; a mulher estaria grávida de seis meses
Casal Barth atuava na área rural com a plantação de tabaco; a mulher estaria grávida de seis meses

Um trágico acidente foi registrado na zona rural de Ipiranga, em Pombal Fumeiros. Um casal estaria na área externa da residência manuseando uma antena, quando acabou encostando o equipamento em um fio de alta tensão. Os dois receberam uma forte descarga elétrica na hora – As informações são do 'A rede'.

continua após publicidade

As vítimas são Vanduir Barth e Cristiane Carmelita Martins Barth, de 29 anos. De acordo com o relato de uma vizinha, que chamou a Polícia Militar no local, a mulher estaria grávida de seis meses. Os corpos foram recolhidos pelo IML de Ponta Grossa e o laudo definitivo com a causa da morte ainda não foi liberado. Peritos da Polícia Científica acompanharam o recolhimento dos corpos e avaliaram a cena do acidente.

Além da Polícia Militar, socorristas também estiveram no local, mas o casal já havia entrado em óbito. Vanduir é natural de São Braz e Cristiane da região de Queimadas. A família Barth é bastante conhecida em Ipiranga, atuando na área da agricultura familiar com a plantação de tabaco.

continua após publicidade

Em áreas rurais, como a do acidente, a distribuição da corrente elétrica costuma ser de quatro mil volts. A antena que o casal manuseava, alguns relatos dão conta de que seria de televisão, outros, de celular, é altamente condutiva, com materiais como alumínio e ferro em sua constituição.

Devido a esta alta tensão e o tempo úmido da região na última noite, bastava que Cristiane estivesse próxima do marido para receber também a descarga.