Geral

Profissionais de saúde são capacitados para confecção de próteses dentárias

Da Redação ·
Foto: UEPG
Foto: UEPG

A Secretaria Estadual da Saúde, em parceria com quatro universidades estaduais, está promovendo um curso de atualização técnica para a confecção de próteses dentárias. O treinamento é inédito no Paraná e visa ampliar o número de dentistas capacitados para oferecer o serviço nas unidades de saúde. 

Na Universidade Estadual de Ponta Grossa, a turma está no terceiro e penúltimo módulo do curso. Já nas universidades estaduais de Londrina (UEL) e do Oeste do Paraná (Unioeste - Cascavel) as aulas foram iniciadas nesta semana. Ao todo, 92 profissionais de saúde participam desta primeira fase do curso. Em 2015, a capacitação beneficiará dentistas da região Noroeste através de parceria com a Universidade Estadual de Maringá (UEM). 

Atualmente, pacientes de pequenos municípios têm que se deslocar para grandes centros em busca da confecção dessas próteses pela rede pública de saúde. O serviço geralmente é oferecido apenas em centros de especialidades odontológicas, que atuam como referência de atendimento para diversas cidades. 

Segundo o coordenador estadual de Saúde Bucal da secretaria estadual da Saúde, Léo Kriger, o treinamento faz parte da estratégia de fortalecimento das estruturas de atendimento dos municípios. “Além do curso, oferecemos todos os equipamentos necessários para que o profissional desenvolva o trabalho na própria unidade de saúde. Com isso, o dentista sai preparado para atender as principais necessidades da população local”, ressaltou. 

O kit entregue aos dentistas é composto por 20 itens de uso permanente. Eles são utilizados nas etapas clínicas de confecção, como moldagens, registros de medidas, prova dos dentes e ajustes da prótese. “Todo o processo leva em torno de cinco sessões. Por isso, a ampliação da oferta desse serviço facilita a vida de quem precisa da prótese”, explica Kriger. 

Desde 2013, o Governo do Estado já entregou aos municípios 120 kits para confecção de próteses dentárias. Para 2015 já está prevista a aquisição de mais 200 conjuntos de equipamentos. 
 

continua após publicidade