Geral

Sanepar realiza obras de deslocamento das redes de água na Rodovia da Uva

Da Redação ·
​Rompimento de adutora afeta abastecimento de água em Curitiba; operários trabalham para normalizar situação - Foto: Arquivo/imagem ilustrativa
​Rompimento de adutora afeta abastecimento de água em Curitiba; operários trabalham para normalizar situação - Foto: Arquivo/imagem ilustrativa

A Sanepar prevê concluir até o dia 15 de dezembro o lote de obras de deslocamento das redes de água tratada assentadas ao longo da Rodovia da Uva, entre liga Curitiba e Colombo, que está sendo duplicada. Com a implantação das pistas duplas, trechos da adutora e das tubulações de distribuição assentadas onde será o leito da rodovia precisam ser remanejadas para as áreas de passeio. Para executar o serviço é necessário fechar os registros, o que provoca a interrupção no abastecimento de água em bairros de Colombo. 

As equipes da Sanepar trabalham para remanejar dois trechos de adutora. Um dos pontos é na chegada à sede do município. A Sanepar atua em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), responsável pela obra na rodovia. A Companhia realiza os serviços de segunda a quarta-feira, período histórico de menor consumo de água na região. 

Os avisos de interrupção no abastecimento e a previsão de normalização do fornecimento de água são publicados no site www.sanepar.com.br e divulgados pelos veículos de comunicação como notas de utilidade pública da Companhia. 

MELHORIAS - Nesta semana, as equipes da Sanepar trabalham para remanejar dois trechos de adutora. Um dos pontos é na chegada à sede do município. No local já foi deslocada a adutora de distribuição de 250 milímetros. Agora, os serviços são de assentamento da adutora de 500 milímetros para transportar água tratada da Estação de Tratamento Karst até o reservatório Guarani, na Vila Guarani. 

“Estamos aproveitando esta alteração na rede, exigida pelo DER, para implantar melhorias que vão proporcionar melhores condições operacionais”, diz o coordenador de Manutenção da Sanepar, Ricardo Nonato Mesquita. 

Entre as melhorias estão a substituição de parte da tubulação, elevação do nível de assentamento da tubulação e instalação de registros. A estimativa é que nos 5 km de rede de água que devem sofrer intervenção, a Sanepar invista R$ 2,5 milhões.

A nova adutora está sendo assentada, além da faixa de asfalto, em PEAD (polietileno de alta densidade) ou em ferro fundido, materiais altamente resistentes, que garantem maior durabilidade e baixo índice de manutenção.

DUPLICAÇÃO - À medida que o DER avança com as obras na Rodovia da Uva, a Sanepar é chamada para fazer o remanejamento das redes. Para o próximo ano, está previsto o início de novos lotes de duplicação da estrada.

A obra é realizada pelo Governo do Estado e representa investimento de R$ 35 milhões. A conclusão de toda a duplicação está prevista para o segundo semestre de 2015. 

Além dos 6,5 quilômetros de novas pistas duplicadas, a rodovia terá canteiro central, calçadas com rampas de acesso, ciclovia, iluminação e semáforos. 
 

continua após publicidade