Geral

Feriado terá multa maior com fiscalização reforçada

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

SÃO PAULO, SP - O feriado prolongado do Dia da Consciência Negra, comemorado nesta quinta-feira (20) em 20 dos 39 municípios da Grande São Paulo, será o primeiro em que as multas por ultrapassagens proibidas serão mais "salgadas".

continua após publicidade

A mudança na legislação, que elevou o valor das autuações em até 900%, entrou em vigor no início deste mês.

A multa para quem ultrapassar pelo acostamento, por exemplo, subiu de R$ 127,69 para R$ 957,70. Já quem trafega em pista simples e força a passagem entre veículos em sentidos opostos pode ser atuado em R$ 1.915,40 -o mesmo valor da lei seca.

continua após publicidade

Além do valor mais alto, as polícias rodoviárias Estadual e Federal intensificaram a fiscalização nas estradas e têm feito operações onde essas infrações são mais frequentes.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) estima que mais de 1,6 milhão de veículos -40% da frota circulante- deixarão a capital.

Segundo as concessionárias, a saída deve começar a encher as rodovias a partir das 15h desta quarta (19). Para evitar trânsito, elas recomendam ao motorista adiar a viagem ao menos para depois das 20h.

continua após publicidade

No sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso à Baixada Santista, será implantada operação descida, com 7 das 10 faixas operando no sentido litoral, das 14h às 2h.

Na rodovia dos Tamoios, principal ligação ao litoral norte, painéis eletrônicos vão informar o tempo estimado de viagem e haverá uma faixa extra no trecho de serra, na altura do km 67.

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) afirma que não preparou operação especial em suas rodovias do litoral, como a Mogi-Bertioga.

A previsão aponta tempo bom na maior parte do Estado nesta quarta. Mas há chance de pancadas à noite em algumas regiões do interior.