Geral

Em Nova York, Alckmin assina financiamento para obras em rodovias

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

NOVA YORK, EUA - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou nesta terça-feira (11) em Nova York acordo de financiamento de US$ 300 milhões (R$ 710 milhões) para realizar 12 obras em rodovias do Estado não-concedidas à iniciativa privada.

continua após publicidade

"Este projeto é importante porque estas rodovias vão ser duplicadas, modernizadas e ampliadas", afirmou Alckmin em entrevista a jornalistas após a cerimônia de assinatura, que ocorreu na sede do banco Santander na cidade norte-americana.

"As obras integram os vários modais de transporte do Estado, melhorando a logística, reduzindo o custo Brasil e dando mais competitividade à economia", afirmou.

continua após publicidade

As obras serão feitas em 351 quilômetros de 11 rodovias do Estado, beneficiando 26 municípios, entre eles Itapetininga, Rio Claro, Presidente Prudente e São José do Rio Preto.

A cargo do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), elas terão início em 2015, segundo o governo.

Neste modelo de financiamento, pela primeira vez usado no Brasil, os recursos serão emprestados pelo Santander, com garantia da Miga (Agência Multilateral de Garantia de Investimento) do Banco Mundial.

continua após publicidade

O aval da Miga permite que o Estado capte recursos a juros mais baixos do que conseguiria no Brasil. Conquistada esta garantia, o governo realizou uma licitação para definir qual banco financiaria os recursos - vencida pelo Santander.

"Em 20 anos, vamos economizar US$ 120 milhões em juros", afirmou Alckmin.

"Nós temos malha muito grande. E queremos colocar o mesmo padrão das rodovias concessionadas naquelas que não são concessionadas", disse.

Em Nova York, Alckmin também terá almoço com empresários americanos para apresentar opções de investimento no Estado de São Paulo, nesta quarta-feira (12).