Geral

Alex perde força, mas inunda norte do México e mata 2

Da Redação ·

O enfraquecido furacão Alex foi rebaixado para tempestade tropical, mas atingiu a maior parte do norte do México e paralisou a cidade de Monterrey hoje. Pelo menos duas pessoas morreram quando rios transbordaram e estradas se transformaram em corredeiras. Alex arrancou telhados, causou fortes enchentes e obrigou milhares de pessoas a fugir das vilas de pescadores quando atingiu o solo na noite de ontem no Estado fronteiriço de Tamaulipas. Serviços de telefone e energia elétrica foram interrompidos em várias cidades e vilas.

continua após publicidade

A tempestade transformou-se numa tempestade tropical hoje quanto se movia para o oeste, na direção do Estado de Nuevo Leon, mas ainda causou grandes problemas. O leito seco do rio Santa Catalina, que corta Monterrey, se encheu de água e levou carros e partes das frágeis casas de madeira construídas em seu caminho.

continua após publicidade

Um homem morreu quando foi pego pela corrente de água numa estrada de seis pistas, disse o diretor da Defesa Civil, Pedro Trevino, à rede Televisa. Outro homem morreu afogado e foi encontrado na margem de um riacho.

O governador do Estado de Nuevo Leon, Rodrigo Medina de la Cruz, disse à Televisa que ordenou o fechamento de todas as escolas e pediu às pessoas que permanecessem em casa, com exceção daquelas que exercem funções essenciais. De la Cruz disse que Alex já provocou 400 milímetros de chuva em algumas áreas. As aulas também foram canceladas no Estado de Tamaulipas, onde a limpeza começou e as águas começaram a baixar.