Geral

Feiras de profissões apresentam cursos técnicos ofertados em todo o Estado

Da Redação ·
Foto: Hedeson Alves
Foto: Hedeson Alves

Feiras temáticas acontecem nas primeiras semanas de novembro em todas as regiões do Paraná para apresentar à população os cursos técnicos disponíveis. A secretaria estadual da Educação oferta 55 cursos técnicos, em 354 escolas, em 184 municípios paranaenses. 

“A formação técnica profissionalizante é uma grande porta de entrada para o primeiro emprego de milhares de jovens e as feiras são vitrines para os estudantes”, diz o secretário de Estado da Educação, Paulo Schmidt. 

Os Núcleos Regionais de Educação organizam 24 feiras de cursos e profissões. Em Curitiba, a feira será na Praça Rui Barbosa, no Centro, em 14 de novembro. Além dos cursos existentes, serão apresentadas algumas novidades, como os cursos técnicos em Restaurante e Bar e Vestuário, que entrarão na grade dos colégios estaduais de Curitiba no segundo semestre de 2015. 

Na capital, 37 colégios oferecem cursos técnicos. De acordo com a coordenadora do setor de Educação e Trabalho, do Núcleo Regional de Educação de Curitiba, Cristiane Cardoso dos Santos, a feira permite que a população conheça todos os cursos que são ofertados na cidade. “Em alguns casos o aluno desiste de fazer um determinado curso por não ter a oferta no seu bairro, mas o mesmo curso pode ser oferecido no bairro vizinho”, disse. 

Em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, a exposição acontecerá no Centro Estadual de Educação Profissional Newton Freire Maia. Cerca de 700 alunos do 8° e 9° ano devem passar pela feira que acontecerá em 6 de novembro. 

PÚBLICO – Os cursos na rede estadual são disponíveis em diferentes modalidades para atender toda a comunidade paranaense de diferentes faixas etárias. Para os alunos que estão ingressando no ensino médio, com idade entre 14 e 15 anos, os cursos são oferecidos integrados às disciplinas da base nacional comum. Para quem já concluiu o ensino médio, com idade acima de 17 anos, a formação é na modalidade subsequente ou concomitante. 

Já para quem não teve a oportunidade de fazer o ensino médio, mas deseja obter uma formação técnica, a Secretaria da Educação oferece cursos na modalidade Educação para Jovens e Adultos (EJA), na qual os alunos com mais de 18 anos estudam as disciplinas técnicas aliadas às disciplinas da base nacional comum, concluindo assim o ensino técnico e médio ao mesmo tempo. 

MAIS OPORTUNIDADES – O Governo do Estado está construindo três novas Centros Estaduais de Ensino Profissional na Região Metropolitana de Curitiba, em Campo Largo, Almirante Tamandaré e Fazenda Rio Grande. Serão cerca de 3.600 vagas a mais para os cursos de segurança do trabalho, mecatrônica, eletroeletrônica, edificações, meio ambiente, logística, química entre outros. 

O Governo do Paraná está ampliando em 80% a rede de Centros Estaduais de Educação Profissional. São 10 novas unidades em construção e oito já concluídas, o que representa um investimento de R$ 144 milhões. Também estão em andamento obras de ampliação e reforma de outras 23 escolas de ensino médio do Paraná que também oferecem cursos profissionalizantes. 

Nos últimos três anos, os esforços para a melhoria da educação profissional no Paraná incluíram, ainda, a entrega de 571 laboratórios. As construções dos novos Ceeps e as obras de reformas e ampliações e os novos laboratórios fazem parte do Programa Brasil Profissionalizado, do Governo Federal, em parceria com o Estado. 

continua após publicidade

Confira a programação das feiras no Estado, no site da Agência de Notícias do Paraná