Geral

Três Estados e capital dos EUA votam sobre liberação da maconha

Da Redação ·
Na Flórida, eleitores votarão em referendo que discute a descriminalização da maconha para fins medicinais - Crédito da imagem - BBC
Na Flórida, eleitores votarão em referendo que discute a descriminalização da maconha para fins medicinais - Crédito da imagem - BBC

Num país em que o voto é facultativo, as eleições legislativas dos EUA nem sempre empolgam os eleitores, já que não está em jogo a Presidência.

Em vários Estados, porém, a expectativa é de grande comparecimento às urnas no próximo dia 4 de novembro, não tanto pela oportunidade de escolher governadores, senadores, deputados e prefeitos, mas pelas questões locais que também serão decididas no pleito.

Entre as votações observadas com maior atenção estão as de Oregon, Alasca e da capital, Washington, que irão decidir se seguem os passos do Colorado e do Estado de Washington e legalizam a maconha para fins recreativos.

Na Flórida, os eleitores decidem sobre a permissão do uso da droga para fins medicinais. Caso a medida seja aprovada, a Flórida será o 24º Estado americano a legalizar a maconha medicinal.

Pesquisas

Ao todo, porém, são 158 referendos em 42 Estados neste ano, abordando temas tão variados como aborto, porte de armas ou presença de transgênicos em alimentos.

O número representa uma queda em relação aos 188 referendos das eleições anteriores, em 2012.

Defensores e opositores da legalização da maconha já gastaram milhões de dólares em anúncios contra e a favor.

continua após publicidade