Geral

Escolas revisam conteúdos que serão exigidos nas provas do Enem

Da Redação ·
Mais de 6,4 milhões de alunos já confirmaram participação no Enem - Foto: Hedeson Alves Foto: HEDESON ALVES  (AEN)
Mais de 6,4 milhões de alunos já confirmaram participação no Enem - Foto: Hedeson Alves Foto: HEDESON ALVES (AEN)

A Secretaria de Estado da Educação do Paraná pôs à disposição materiais de apoio para as escolas trabalharem temas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) com os alunos. As provas serão aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro e as notas do exame podem ser usadas para o ingresso em universidades, para conclusão do ensino médio e também para disputar vagas de intercâmbio. 

Aos sábados são transmitidas as aulas do Gabaritando Enem pela TV éParaná, com professores da rede estadual dando dicas e revisões sobre os conteúdos cobrados no Enem. No site da Secretaria da Educação também estão disponíveis outros materiais de apoio para as escolas. A Secretaria também promove chats ao vivo, dentro do ambiente virtual Escola Interativa, para os alunos debaterem e tirarem dúvidas com os professores.

No Colégio Estadual Professor Narciso Mendes, no bairro Xaxim, de Curitiba, os alunos das duas turmas de 3º ano fizeram um simulado do Enem, com questões que caíram em anos anteriores do exame. A prova teve 60 questões e uma redação.

Nesta semana os alunos estão participando dos chats online para tirar dúvidas sobre o Enem. Desde o início do ano o colégio desenvolve atividades voltadas ao Exame do Ensino Médio e as provas dos principais vestibulares de Curitiba, como o da Universidade Federal do Paraná (UFPR) que será realizado neste fim de semana.

A professora Zélia Maria H. Garcia, que leciona português e inglês na escola, afirmou que ao longo do ano os alunos fizeram visitas a instituições de ensino superior, a feiras de profissões, participaram de palestras e oficinas como forma de preparação. “Desde o início do ano temos conscientizado e estimulado os alunos a participarem do Enem. Cada professor na sua disciplina trabalhou questões de anos anteriores e preparamos alguns aulões com a ajuda do Gabaritando Enem”, explicou a professora.


Escolas do Paraná revisam conteúdos que serão exigidos
nas provas do Enem. Na foto, alunos do Colégio Estadual
Professor Narciso Mendes, em Curitiba.
Foto: Hedeson Alves Foto: HEDESON ALVES


Para a aluna Renata Cheneider Ródio, de 16 anos, o simulado foi uma boa forma para testar os conhecimentos. “É bom para saber qual o seu ponto fraco para melhorar e conseguir uma boa nota no Enem. Desde o começo do ano estamos tendo uma programação diferenciada sobre o Enem e a prova da UFPR. Isso ajudou muito os alunos, o colégio auxiliando nessa preparação faz muita diferença”, disse Renata. A aluna ficou em 3º lugar no simulado do Enem e vai prestar o vestibular para publicidade e propaganda.

Cesar Amaral, 16, foi o 1º colocado no teste feito pela escola. “Dá para ver onde erramos para melhorar para a prova do Enem. Essas atividades no colégio nos estimulam mais para fazer a prova do Enem”, explicou o estudante que vai fazer o vestibular para engenharia química.

ESTADO - Várias outras escolas do Paraná também desenvolveram atividades em preparação para o Enem. No Colégio Estadual Professor Izidoro Luiz Cerávolo, em Apucarana (Vale do Ivaí), o professor de história Diego Fávaro Soares faz aulas de revisão de história e sociologia para os alunos.

As aulas são realizadas no contraturno todas as sextas-feiras, das 13h30 às 17h30, no salão nobre do colégio. Cerca de 90 alunos participam. “Este ano está sendo muito bom. Os alunos são bem aplicados e comprometidos com os conteúdos. Espero que as revisões proporcionem um bom resultado para os alunos”, disse o professor Diego. O professor explicou que dá as aulas de forma voluntária para proporcionar mais tempo de estudo para os alunos.

Letícia Lina Pereira, 17 anos, vai fazer o Enem e vestibular para Filosofia. “Essas aulas vão nos ajudar bastante. Estamos tendo um apanhado de tudo o que vimos no ensino médio. O professor é bom, ele não fica só falando, mostra documentários na aula também. Quando o professor explica bem o assunto você se interessa sobre o tema. A gente fica curiosa para descobrir mais”, afirmou.

No Colégio Estadual Professor Gildo Aluísio Schuck, em Laranjeiras do Sul (Centro-Sul), os alunos que estão concluindo o ensino médio também têm aulas preparatórias para o Enem. As aulas são realizadas no período noturno nas terças e quartas-feiras. Eles fazem simulados com questões quem caíram no Enem em anos passados.

AULAS PARA COMUNIDADE - As aulas preparatórias para o Enem não ficam restritas somente aos alunos da rede estadual. No Colégio Estadual Desembargador Guilherme de Albuquerque Maranhão, no bairro Tatuquara de Curitiba, as revisões aos sábados também são abertas à comunidade.

O projeto funciona desde 2012 e acontece nos meses de agosto, setembro e outubro. Entre 10 a 12 professores são destacados para fazer as revisões dos conteúdos. São cerca de 60 vagas disponíveis. “A prioridade são para estudantes do 3º ano, mas se sobrar vagas é aberto para pessoas da comunidade e para alunos treineiros”, explicou o diretor Antonio Mendes de Melo.

“Os professores são orientados a revisar os conteúdos exigidos no Enem, pegam questões que caíram nos últimos exames e debatem com os alunos. Esse é um momento de relembrar o conteúdo com os estudantes”, afirmou o diretor. Todos os sábados, nos meses de revisão do Enem, a escola abre normalmente, com funcionários e professores. Todos trabalham de forma voluntária para ajudar na preparação dos alunos. As aulas acontecem das 8h às 12h.

continua após publicidade