Geral

OMS enviará médicos ao Mali após primeiro caso de ebola no país

Da Redação ·
Uma equipe da OMS de três peritos esteve no Mali para avaliar suas defesas, e pelo menos mais quatro irão ao país nos próximos dias, disse porta-voz - Foto: Divulgação
Uma equipe da OMS de três peritos esteve no Mali para avaliar suas defesas, e pelo menos mais quatro irão ao país nos próximos dias, disse porta-voz - Foto: Divulgação

SÃO PAULO, SP - A OMS (Organização Mundial da Saúda) afirmou nesta sexta-feira (24) que está enviando especialistas para combater o ebola no Mali, um dia depois que o país teve seu primeiro caso da doença confirmado.

continua após publicidade

Uma equipe da OMS de três peritos esteve no Mali para avaliar suas defesas, e pelo menos mais quatro irão ao país nos próximos dias, disse a porta-voz da OMS Fadela Chaib.

O ministro da Saúde, Ousmane Kone, disse à televisão estatal que o paciente de Kayes, na região oeste, é uma menina de dois anos que chegou recentemente da vizinha Guiné, onde o surto começou.

Autoridades do Mali estão monitorando 43 pessoas que tiveram contato com a menina, incluindo 10 profissionais de saúde, segundo Chaib.

O Mali agora é o sexto país da África Ocidental a ser atingido pela epidemia que já matou quase 4.900 pessoas, principalmente na Guiné, Serra Leoa e Libéria.