Geral

EUA garantem que podem controlar Ebola, após primeiro caso no país

Da Redação ·
EUA garantem que podem controlar Ebola, após primeiro caso no país - Imagem ilustrativa - arquivo TN
EUA garantem que podem controlar Ebola, após primeiro caso no país - Imagem ilustrativa - arquivo TN

O primeiro caso de ebola diagnosticado nos Estados Unidos foi confirmado pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) na terça-feira (30). Apesar do susto inicial, especialistas norte-americanos acreditam que a doença não se espalhará pelo país e que a população não tem motivos para entrar em pânico.

continua após publicidade

De acordo com o jornal Business Insider, autoridades e especialistas dos EUA garantem que sabem como controlar o vírus e quais são as precauções necessárias para tratar pessoas infectadas.

Ainda que mais pacientes sejam levados para receber tratamento no país e que haja a possibilidade de eles infectarem outras pessoas, todos os casos serão acompanhados de perto pelos EUA.

continua após publicidade

Segundo autoridades norte-americanas, o sistema de saúde do país é forte e eficiente para evitar uma epidemia no país e tratar os casos que apareçam.

“A verdade é que nós podemos parar o ebola”, declarou o doutor Tom Frieden, diretos do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

— Nós sabemos como controlá-lo.

continua após publicidade

Uma das principais razões pelas quais o ebola se alastrou e matou mais de 3.000 pessoas na África Ocidental é a falta de infraestrutura na região.

Os hospitais, quando existem, não têm funcionários e médicos suficientes para tratar os pacientes. Além disso, muitas das técnicas usadas em unidades médicas modernas (como as dos EUA) não podem ser utilizadas na região devido à falta de equipamentos para monitorar e isolar os infectados.