Geral

Explosivos de sequestrador no DF podem ser falsos

Da Redação ·
 Foto: Tadeu Pinto/ Agência Brasil
fonte:
Foto: Tadeu Pinto/ Agência Brasil

Após análise visual do material usado pelo sequestrador em Brasília, que manteve refém um homem no hotel Saint Peter por cerca de sete horas, a polícia afirma que há 90% de chances de os explosivos serem falsos.

Durante o sequestro, peritos da polícia haviam dito que tinham praticamente 100% de certeza de que o material seria verdadeiro, com grande potencial explosivo. As supostas bombas estavam em um colete que foi colocado no refém pelo criminoso.

A polícia informa, no entanto, que o material ainda será periciado. A arma usada pelo sequestrador também era de brinquedo.

continua após publicidade