Geral

Dois irmãos adolescentes morrem queimados

Da Redação ·

Dois irmãos adolescentes - Anderson José do Nascimento Santos, de 15 anos, e Amanda Alcione Nascimento dos Santos, de 16 anos - morreram queimados, na madrugada de hoje (25), enquanto dormiam dentro de casa. Eles moravam na Rua do Varadouro, número 530, na cidade de Porto Calvo, a 98 quilômetros de Maceió. Os corpos dos adolescentes foram recolhidos pelo rabecão do Instituto Médico Legal (IML) e levados para a Capital alagoana, onde serão examinados e liberados para o sepultamento.
 

continua após publicidade

A tragédia foi registrada pelos Policiais do 6º Batalhão. Os policiais disseram que ficaram chocados com a cena dos corpos queimados. Os dois irmãos morreram porque como estava faltando energia na cidade, eles ascenderam uma vela e dormiram. A vela teria provocado o incêndio e queimado os adolescentes, que estavam dormindo na hora do incêndio e não teriam conseguido sair de casa. Os pais dos jovens são ambulantes e tinham saído para vender refrigerantes e água mineral em uma festa junina na cidade. Quando voltaram, encontraram os filhos mortos, queimados dentro de casa.

continua após publicidade

"Uma vela que eles deixaram acesa teria atingido um dos móveis e o fogo se alastrado pela casa. Até a madeira do telhado queimou. Uma tristeza", contou o sargento da PM Edvan, em entrevista à imprensa, esta manhã. Segundo o tenente da PM Figueredo, oficial de operações do 6º Batalhão, a cena da tragédia era de causar desespero em qualquer um. Os pais estão emocionalmente descontrolados. "O cenário é terrível, chocante, entrei e saí logo", afirmou o tenente, enquanto aguardava a perícia do Instituto de Criminalística.
 

Os policiais contaram também que na tentativa de salvar os adolescentes, vizinhos jogaram água na casa para apagar o incêndio, mas as chamas eram fortes e o fogo consumiu tudo muito rápido. Quando os bombeiros chegaram as chamas já haviam apagado Segundo os vizinhos, Anderson completou 15 anos ontem e Amanda iria completar 16 anos no próximo mês. "Os pais tinham comemorado o aniversário do Anderson com um bolo e refrigerantes, antes de saírem para trabalhar", contou uma vizinha da família enlutada.