Geral

Ex-funcionários do Google lançam Boodigo, site de buscas "adultas"

Da Redação ·
Google anuncia sistema mais simples para barrar robôs na web - Imagem ilustrativa
fonte: Arquivo/Imagerm ilustrativa
Google anuncia sistema mais simples para barrar robôs na web - Imagem ilustrativa

Com a intenção de facilitar ainda mais a busca por conteúdo pornô na internet, o produtor de filmes adultos Colin Rowntree e ex-programadores do Google lançaram o site "Boodigo" (acesse aqui), que filtra todo o conteúdo que não é erótico relacionado ao tema da busca e apresenta apenas conteúdo considerado "relevante".

continua após publicidade

Segundo seus criadores, sites de busca como Google e Bing geralmente bloqueiam buscas de conteúdo adulto ou apresentam páginas que não tem conteúdo pornô dependendo do termo usado. Desenvolvido em dois anos, o "Boodigo" tem como proposta, também, dar links para os usuários que não contém spams, vírus ou que podem infectar os computadores. Filmes piratas também não aparecem nas buscas.

Ainda, nenhum dado dos usuários é armazenado e entregue a empresas para a criação de anúncios personalizados, disse Rowntree ao site "Beatbeat". Ele não armazena "cookies" ou outros arquivos que permitem rastrear o usuário ou o que ele pesquisou e também não há criação de perfis de usuário."Boodigo significa que você poderá procurar o que quiser de pornografia sem ter que se preocupar com alguém sabendo quem você é ou vendo o que você está pesquisando", afirmou o criador.

continua após publicidade

Ele não é o primeiro site de buscas do gênero. O "PornMD", o "Fapdu" e o "SearchXXX" já têm este propósito. O Tumblr tinha uma comunidade grande de conteúdo pornô, mas quando foi comprado pelo Yahoo, a empresa tentou remover este conteúdo, prejudicando milhares de pessoas que buscavam por pornografia em suas páginas.