Geral

Servidores da USP decidem pela continuidade da greve

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Servidores da USP decidem pela continuidade da greve
fonte: Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Servidores da USP decidem pela continuidade da greve

Assembleia realizada pelos trabalhadores da Universidade de São Paulo nesta segunda-feira, 8, decidiu, por unanimidade, pela continuidade da greve, que já chega a 105 dias de duração. Às 12h30, cerca de mil pessoas participaram da reunião, de acordo com os servidores, que aconteceu em frente ao prédio da reitoria, no câmpus Butantã, zona oeste da capital.

Uma reunião dos funcionários da USP e a reitoria da instituição está marcada para às 15h desta segunda-feira. Eles vão discutir o reajuste de 5,2%, o abono salarial de 28,6% para recuperar o valor deste aumento retroativo a maio - data-base da categoria - e a desvinculação do Hospital Universitário, proposta feita pela reitoria para reduzir os gastos da USP.

O encontro deve pautar o que será decidido nesta terça-feira, 9, quando as entidades sindicalistas das três universidades estaduais - USP, Unicamp e Unesp - se encontrarão com o conselho dos reitores das instituições (Cruesp).

Grevistas das três instituições devem acompanhar o ato enquanto acontece a negociação salarial.

continua após publicidade