Geral

Ministro das Relações Exteriores da Argentina renuncia

Da Redação ·

O ministro das Relações Exteriores (chanceler) da Argentina, Jorge Taiana, apresentou nesta sexta-feira (18) sua renúncia à presidente Cristina Kirchner. De acordo com a imprensa, o motivo de sua decisão seria a falta de apoio para desenvolver suas ações na área de política externa. O embaixador argentino nos Estados Unidos, Héctor Timerman, assume o ministério.

continua após publicidade

Segundo a agência DyN, a renúncia se deve à "falta de apoio e diferenças" com o governo.

continua após publicidade

O diplomata disse num comunicado que tomou a decisão "após manter uma conversa" com a presidente, na manhã desta sexta-feira.

continua após publicidade

Fontes próximas ao ministro afirmaram que o argentino não contava com apoio para implementar "decisões políticas que afetam o desenvolvimento da Política Externa da Argentina".

Taiana assumiu o posto em 1º de dezembro de 2005. Antes, em 25 de maio de 2003, o então presidente Néstor Kirchner, que governou até 2007, o havia designado a vice-chanceler. Logo que assumiu o comando da Argentina, em dezembro de 2007, Cristina o ratificou no cargo.

continua após publicidade

Segundo a agência Télam, o ministro será substituído por Héctor Timerman, atual embaixador do país nos Estados Unidos.