Geral

Governo federal reconhece emergência em 124 cidades gaúchas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Governo federal reconhece emergência em 124 cidades gaúchas
fonte: Foto: Sacha Rochele Núñez/ Secom RS
Governo federal reconhece emergência em 124 cidades gaúchas

SÃO PAULO, SP - O governo federal reconheceu nesta quinta-feira (10) a situação de emergência em 124 municípios atingidos pela chuva no Rio Grande do Sul.

continua após publicidade

Outros dois municípios, Iraí e Barra do Guarita, estão em estado de calamidade pública, também reconhecido pelo governo federal. O decreto foi publicado no "Diário Oficial da União".

O reconhecimento federal formaliza e agiliza o repasse de recursos. O governo do Estado pediu R$ 19 milhões para apoiar os municípios atingidos pelas enchentes das últimas semanas.

continua após publicidade

Para obter os recursos federais, as prefeituras precisarão comprovar em dez dias ter atingido os índices de danos previstos na legislação federal.

Segundo o boletim da Defesa Civil Estadual desta quinta-feira, 18.176 pessoas continuam desabrigadas ou desalojadas no Estado. Destes, há 1.271 desabrigados (levados a abrigos por não terem onde ficar) e 16.905 desalojados (estão hospedadas na casa de parentes, vizinhos ou amigos).

Os temporais causaram a morte de duas pessoas: Eracildo Luiz Assmann, 56, em Arroio do Tigre, e José Lindomar da Silva, em Jacutinga. Paula Thon, de 23 anos, continua desaparecida em Arroio do Tigre.

continua após publicidade

O Departamento de Recursos Hídricos do Rio Grande do Sul informou que o nível do rio Uruguai na região de São Borja, Itaqui e Uruguaiana vem baixando gradativamente nos últimos dias.

Do total de 18.176 desabrigados ou desalojados, 17.513 são dessas três cidades e precisaram sair de casa por causa do transbordamento do rio Uruguai.

Em Iraí, na região norte do Estado, o rio Mel transbordou e alagou a cidade. Trinta pessoas estão desabrigadas. Doze soldados do Exército foram enviados para ajudar na distribuição de donativos às famílias prejudicadas pela inundação.

continua após publicidade

Em Barra do Guarita a inundação foi provocada pela cheia dos rios Uruguai e Guarita. Oito pessoas continuam desabrigadas.

De acordo com a Defesa Civil, moradores de várias regiões do Estado se mobilizaram para doar alimentos, colchões, produtos de higiene e outros itens aos desabrigados.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), há previsão de pancadas de chuva domingo e na segunda (13 e 14) nas regiões leste e nordeste do Rio Grande do Sul. Nas demais áreas, o tempo continua nublado nos próximos dias.