Geral

Rappers cristãos acusam Katy Perry de plagiar música e associá-la a bruxaria

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Rappers cristãos acusam Katy Perry de plagiar música e associá-la a bruxaria
fonte: Foto: arquivo
Rappers cristãos acusam Katy Perry de plagiar música e associá-la a bruxaria

SÃO PAULO, SP - Um grupo de rappers cristãos está processando a cantora Katy Perry e seus parceiros por plágio de sua música "Joyful Noise". Segundo eles, a composição se assemelha muito a "Dark Horse", um dos últimos hits da diva.

continua após publicidade

"Joyful Noise" foi lançada originalmente em 2008, enquanto "Dark Horse" faz parte do álbum "Prism", que Katy Perry estreou em 2013.

No processo, movido pelos rappers Flame, Chike Ojukwu, Lecrae Moore e Emanuel Lambert, eles ainda acusam a cantora de ter "manchado irreparavelmente" sua música, por tê-la associado a "bruxaria, paganismo e imagens ligadas aos Illuminati" no clipe de "Dark Horse".

continua após publicidade

Segundo o advogado de um dos artistas de hip-hop, comparações entre as duas faixas apareceram em diversos locais na internet até chegarem ao conhecimento de seu cliente. Até o momento, Katy Perry não se manifestou sobre o assunto.

O vídeo de "Dark Horse" já rendeu polêmica em fevereiro, quando foi lançado. Na época, alguns muçulmanos se sentiram ofendidos porque um homem com um pingente de Alá aparecia sendo queimado. Eles criaram uma petição on-line pedindo que o clipe fosse removido da internet, e a cantora atendeu lançando uma versão editada.