Geral

Skank faz mistura de fases em "Velocia"

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Skank faz mistura de fases em "Velocia"
fonte: Foto: arquivo
Skank faz mistura de fases em "Velocia"

SÃO PAULO, SP - Depois de seis anos sem lançar um álbum com canções inéditas, o Skank surge com "Velocia", álbum que tem participações especiais de BNegão e Lucas Silveira (do Fresno). Além disso, outras seis faixas nasceram da antiga parceria de composição entre o vocalista Samuel Rosa e o ex-titã Nando Reis.

continua após publicidade

"Não ficamos presos à inovação, mas em incluir músicas afinadas com o momento que vivemos. A faixa que está nas rádios, "Ela me Deixou", lembra o início da nossa trajetória. "Esquecimento" já tem a cara de nossa fase mais violão. É um mexidão da nossa carreira", diz o tecladista Henrique Portugal.

Com mais de 20 anos de estrada, o Skank tem o privilégio de atravessar gerações, diz o baterista Haroldo Ferretti. "Há jovens que entram no nosso camarim dizendo que a mãe ou a avó são mais fãs do que eles. Ainda tem o cara que ouve sertanejo e gosta de Skank também."

continua após publicidade

Samuel Rosa explica por que há mais canções dele com Nando Reis do que de costume. "É uma equação simples: ele faz uma música por ano, e ela vira sucesso. De repente, nos demos conta desse patrimônio que temos, como "É uma Partida de Futebol", "Resposta" e muitas outras", conta o vocalista. "Antes, falávamos pela internet. Agora, ele foi a Belo Horizonte, compusemos dez músicas, e seis delas estão no disco."