Geral

Casa da Moeda promete regularizar impressão de passaporte em sete dias

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Casa da Moeda promete regularizar impressão de passaporte em sete dias
fonte: Foto: arquivo
Casa da Moeda promete regularizar impressão de passaporte em sete dias

BRASÍLIA, DF - Após interrupção na impressão de passaportes, o que levou a mais de 40 mil pessoas a deixar de receber o documento internacional, a Casa da Moeda informou que a produção foi reiniciada na noite desta quarta-feira (28) e que trabalhará em três turnos para "regularizar a situação em até sete dias".

continua após publicidade

"Os testes feitos com o novo lote de papel e tintas que chegou hoje foram aprovados pelo controle de qualidade da Casa da Moeda e a produção foi reiniciada agora à noite. A Casa da Moeda vai trabalhar em três turnos, 24 horas por dia, inclusive no final de semana, para regularizar a situação em até 7 dias", diz a instituição, em nota.

Até esta segunda-feira, o passaporte de 40 mil pessoas deixou de ficar pronto.

continua após publicidade

Como a produção da Casa da Moeda é de 10 mil documentos por dia, outros 70 mil podem deixar de ser fabricados caso a produção não seja retomada antes.

"Para os casos de emergência, a Polícia Federal informou que a emissão do passaporte está sendo feita nos postos da própria polícia", disse a empresa pública por meio de nota.

No comunicado, a instituição informou que o controle de qualidade detectou que uma tinta invisível, só vista ao se aplicar uma luz ultravioleta, reagiu com outra coloração, afetando a foto do passaporte.

continua após publicidade

"O problema, apesar de ser estético e não comprometer a credibilidade dos elementos de segurança do documento, poderia causar transtornos ao cidadão brasileiro nas viagens internacionais."

Conforme a Casa da Moeda, representantes das empresas que fornecem as tintas e o papel para a confecção dos passaportes para a Polícia Federal estão fazendo uma série de testes para corrigir a falha.