Geral

Padilha afirma que Sabesp não investe o necessário para evitar falta de água

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Padilha afirma que Sabesp não investe o necessário para evitar falta de água
fonte: Foto: arquivo
Padilha afirma que Sabesp não investe o necessário para evitar falta de água

RIBEIRÃO PRETO, SP - O pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, afirmou nesta quarta-feira (28) que a crise de abastecimento de água ocorre porque a Sabesp não faz os investimentos necessários para evitar o problema.

continua após publicidade

Segundo ele, há racionamento de água, apesar de não oficializado pelo governo. "Campinas (93 km de São Paulo) recebe menos água do Sistema Cantareira. Vários bairros da cidade não têm água 24 horas por dia, desde dezembro. Guarulhos teve corte de 400 litros de água por segundo. A capital, de março a abril, teve vários cortes no abastecimento durante a noite. Osasco sofreu vários cortes também", afirmou.

O problema em Campinas ocorre porque o mesmo manancial que abastece o Sistema Cantareira (conjunto de represas que abastece a Grande SP) leva água para a cidade. Como o nível do rio está baixo, o município é afetado, assim como toda a região metropolitana de Campinas.

continua após publicidade

"As obras listadas pela Sabesp que deveriam ter sido realizadas, não foram feitas. Isso impacta na crise atual da água. Em 2012 a Sabesp lucrou R$ 2 bilhões. Esse dinheiro deveria ser aplicado em obras, deveria ser investido", disse Padilha.

As declarações foram feitas na manhã desta quarta-feira (28) em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) durante um evento que discutiu o planejamento municipal e o uso do recurso hídrico.

Se eleito, o petista prometeu fazer obras para evitar o desabastecimento. "Nós queremos fazer em quatro anos as obras que em dez anos não foram realizadas. São Paulo tem recursos, o governo federal também tem, através do PAC [Programa de Aceleração do Crescimento]", afirmou.

A Sabesp ainda não se manifestou sobre as críticas do pré-candidato.