Geral

Itaquerão ainda precisa testar serviço e segurança, diz Valcke

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Itaquerão ainda precisa testar serviço e segurança, diz Valcke
fonte: Foto: Arquivo
Itaquerão ainda precisa testar serviço e segurança, diz Valcke

RIO DE JANEIRO, RJ - O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse nesta sexta-feira (23) que o Itaquerão receberá um novo evento-teste porque a entidade não ficou satisfeita com os resultados de serviço e segurança da arena.

continua após publicidade

O estádio da abertura da Copa receberá no dia 1º de junho a partida entre Corinthians e Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro.

A expectativa da Fifa é que sejam vendidos 68 mil ingressos, e assim todos os setores do estádio, inclusive as arquibancadas provisórias, sejam experimentadas.

continua após publicidade

O único jogo oficial do Itaquerão até o momento, a derrota por 1 a 0 do time da casa para o Figueirense, teve público limitado a pouco menos de 40 mil pessoas, no último domingo (18), o que impediu um teste completo das instalações.

"Em São Paulo, não ficamos satisfeitos com o nível de serviço e segurança do primeiro jogo, por isso, pedimos um segundo teste, com o estádio lotado. Se não fosse o estádio da abertura, talvez não fosse necessário esse segundo jogo teste".


FAN FESTS

continua após publicidade

Já o diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, cobrou de Recife que "cumpra o compromisso" que honrou com a entidade e organize Fan Fests durante a competição na cidade.

"Podemos falar que a situação evoluiu um pouco. Recebi uma comunicação oficial em que Recife queria devolver essa obrigação. Informamos que eles não poderiam fazer isso e que a obrigação tinha de ser cumprida. Estamos esperando a reação deles à nossa resposta".

Quanto a Salvador, o dirigente disse acreditar que a capital baiana organizará normalmente o evento, em que pessoas sem ingressos para estádios se reúnem em local público para assistir às partidas em telões de alta definição.

continua após publicidade

"Eles já conseguiram os parceiros comerciais que precisavam. O cronograma está meio apertado, mas acredito que irão conseguir", afirmou.

As duas cidades alegaram problemas financeiros para o evento. Recife chegou, inclusive, a anunciar que não organizaria a Fan Fest.