Geral

Explosões deixam 10 mortos e 70 feridos na capital do Quênia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Explosões deixam 10 mortos e 70 feridos na capital do Quênia
Explosões deixam 10 mortos e 70 feridos na capital do Quênia

SÃO PAULO, SP - Pelo menos dez pessoas morreram e 70 ficaram feridas nesta sexta-feira (16) em duas explosões ocorridas no bairro somali de Nairóbi, informou o Centro de Operação de Desastres do Quênia. A primeira das explosões aconteceu em um "matatu" (as populares caminhonetes do transporte público), enquanto a segunda ocorreu no mercado de Gikomba, e, aparentemente, ambas foram provocadas por bombas artesanais. "Houve duas explosões" no bairro de Gikomba. "A primeira em um matatu de 14 assentos, a segunda em um mercado de Gikomba", localizado a poucas centenas de metros do centro de Nairóbi, informou o centro de gestão de emergência (NDOC) em seu Twitter.

Até o momento, as causas das explosões são desconhecidas, mas o Quênia tem sofrido vários atentados a bomba nos últimos meses

TURISTAS RETIRADOS

Vários países ocidentais elevaram o nível de alerta sobre o Quênia por "ameaças terroristas" e desaconselham viagens às zonas costeiras do país. Quatrocentos turistas britânicos que estavam de férias em Mombaça, sul do Quênia, foram repatriados quinta-feira (15) por suas agências de viagem depois que o governo avisou sobre a ameaça persistente de terrorismo na zona.

continua após publicidade

"Por precaução, decidimos repatriar ao Reino Unido todos os clientes que estavam de férias no Quênia", especificamente em Mombaça, a segunda cidade do país e principal localidade turística da costa, declarou em um comunicado a TUI, a empresa proprietária das agências Thomson e First Choice.
Dois dias antes, o ministério das Relações Exteriores britânico havia pedido que qualquer viagem não indispensável ao local fosse evitada "pela ameaça persistente de terrorismo".

"A estrada chave que une os hotéis do sul de Mombaça ao aeroporto cruza o centro da cidade e ela não é segura", declarou o Foreign Office.
Em meados de março foi encontrado em Mombaça um carro-bomba pronto para ser detonado. No dia 3 de março explodiram duas bombas, uma em um ponto de ônibus e outra em uma praia em frente a um hotel de luxo. O Quênia recebeu pouco mais de um milhão de visitantes em 2013, 11% a menos que em 2012, uma queda que o governo atribuiu às ameaças terroristas.