Geral

Rússia lança Soyuz com nova tripulação

Da Redação ·
 O percurso até a Estação Espacial durará 2 dias
fonte: Misha Japaridze/AP
O percurso até a Estação Espacial durará 2 dias

A Rússia lançou nesta sexta-feira, 2, à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) a nave "Soyuz TMA-18" com três tripulantes a bordo, que integrarão sucessivamente as expedições número 23 e 24 da plataforma orbital.

continua após publicidade

O lançamento, transmitido ao vivo pelo canal de notícias "Rossia 24", aconteceu às 8h04 (horário local de Moscou) com a ajuda de um foguete Soyuz FG a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão.

Nove minutos depois, a nave com os cosmonautas russos Aleksander Skvortsov e Mikhail Kornienko, além da astronauta da Nasa Tracy Caldwell Dyson se separou do foguete para começar seu voo autônomo de dois dias rumo à plataforma orbital. Está previsto que a nave se acople à ISS no domingo às 9h26 hora de Moscou.

continua após publicidade

Atualmente, a ISS é tripulada pelo russo Oleg Kotov, em qualidade de comandante, pelo japonês Soichi Noguchi, engenheiro de bordo, e pelo astronauta da Nasa Timothy Creamer, que chegaram à plataforma orbital no final de dezembro do ano passado.

Skvortsov e Kornienko, de 43 e 49 anos respectivamente, viajam pela primeira vez ao espaço, enquanto Caldwell Dyson, de 40, já voou ao cosmos em uma missão anterior.

A nova tripulação, que permanecerá 167 dias na plataforma orbital, receberá três naves americanas e três cargueiros russos Progress, além de realizar duas caminhadas.

A nova expedição fará também 42 experimentos científicos, entre os quais se destaca um para a detecção de terremotos a partir do espaço.