Geral

Caminhada de lésbicas abre Parada Gay

Da Redação ·
A 8ª Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo será realizada hoje
fonte: Agência Estado/ R7
A 8ª Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo será realizada hoje

A 8ª Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo será realizada deste sábado (5). A concentração ocorre ao meio-dia na praça Oswaldo Cruz, na Bela Vista, região central. A caminhada começa às 14h e vai até o bulevar da avenida Nove de Julho, atrás do Masp (Museu de Arte de São Paulo).

continua após publicidade

O evento está sendo realizado pela Liga Brasileira de Lésbicas e terá como tema “Autonomia e Liberdade, por um Mundo de Igualdade". São esperadas cerca de 5.000 mulheres.

O evento faz parte da programação da 14ª edição da Parada Gay de São Paulo, que será realizada no domingo (6). Os 18 trios sairão às 12h da frente do Masp em direção à praça da República, onde acontecerá a dispersão.

continua após publicidade

O trajeto dura cerca de 4 horas entre o museu e a esquina da paulista com a rua da Consolação.

Ao longo do trajeto, serão colocadas quatro centrais de atendimento, onde estarão a Polícia Militar, a GCM (Guarda Civil Metropolitana) e atendimento médico. A PM também informou que policiais bilíngues auxiliarão turistas estrangeiros durante a festa.

Neste ano, foram gastos R$ 1 milhão pela prefeitura no evento, quase o dobro do orçamento de 2009, que era de R$ 600 mil.
Os organizadores esperam a presença de 3 milhões de pessoas neste ano.

continua após publicidade

Bloqueio

Além da avenida Paulista, haverá interdições nas ruas da Consolação, Rego Freitas e avenida Ipiranga, entre a rua da Consolação e a avenida São Luís.

Por causa dos bloqueios, a empresa fez uma rota com caminhos alternativos para os motoristas que precisarem circular pela área. A CET também faz quatro recomendações às pessoas que estarão perto da avenida Paulista neste domingo:

continua após publicidade

- pedir informações e não atrapalhar a fluidez do trânsito;

- não estacionar em frente a guias rebaixadas, em jardins e canteiros centrais ou em locais onde haja canalizações com cones e cavaletes;

continua após publicidade

- não parar em fila dupla para embarque e/ou desembarque;

- utilizar preferencialmente o transporte público (metrô, ônibus, táxi) para chegar até a Parada Gay.

Transporte

O Metrô vai montar um esquema especial de segurança para o evento nas estações de maior movimento: Paraíso, Brigadeiro, Trianon-Masp, Consolação, República e Sé.

No dia da Parada, a estação República terá os acessos Ipiranga e da praça fechados a partir do meio-dia até o final do evento. Haverá cartazes nas estações envolvidas com informações aos usuários e emissão e PA específicos para o evento.