Geral

Rebelião termina com adolescente morto

Da Redação ·
Um agente baleado e um adolescente morto
fonte: Google
Um agente baleado e um adolescente morto

Um agente baleado e um adolescente morto foi o saldo de uma rebelião na noite desta quinta-feira na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), na unidade de Abreu e Lima, no Grande Recife, em Pernambuco. O agente socioeducativo Elvismar Soares Santos, 34 anos, estava numa guarita e foi baleado na cabeça. Não se sabe a origem do tiro. Ele foi socorrido por policiais militares e está em estado grave. A rebelião foi controlada pelo Batalhão de Choque com balas de borracha e bombas de efeito moral.

continua após publicidade


Testemunhas informaram que o agente era um dos 30 que estavam trabalhando quando o motim começou. Elvismar Santos foi levado para o hospital Miguel Arraes, em Paulista, em estado gravíssimo, mas deve ser transferido para o Hospital da Restauração.

Um outro agente, identificado apenas como Nilo, estava sendo feito refém pelos adolescentes. Com a entrada dos soldados do Batalhão de Choque, o agente foi libertado. Ele não foi ferido na confusão. Os Bombeiros trabalharam na contenção dos focos de incêndio.

continua após publicidade

Durante o trabalho de rescaldo, os policiais militares encontraram o corpo de um adolescente. Não se sabe como ele foi morto, mas o cadáver foi encontrado queimado, pendurado na trave da quadra de esportes da unidade. Segundo os agentes, o jovem estava numa ala separada dos demais menores porque tinha sido ameaçado de morte.

A capacidade da Funase de Abreu e Lima é de 98 menores mas, atualmente, a unidade abriga 300 adolescentes.

Há pouco mais de um mês, os internos da Funase de Abreu e Lima fizeram uma rebelião para denunciar supostos maus tratos de que estariam sendo vítimas, por parte dos agentes socioeducadores. Alguns dos agentes chegaram até mesmo a ser afastados do trabalho.