Geral

Mãe espanca filho de 4 anos até a morte pensando que ele era gay

Da Redação ·
Mãe e namorado foram presos sob a acusação de espancar criança até a morte - Reprodução - Daily News
fonte:
Mãe e namorado foram presos sob a acusação de espancar criança até a morte - Reprodução - Daily News

Uma moradora dos Estados Unidos foi presa nesta semana acusada de espancar até a morte o próprio filho, de 4 anos de idade. Jessica Dutro, de 25 anos, pensava que o garoto fosse homossexual e, irritada, agrediu o filho principalmente no abdômen. Os golpes causaram sérias lesões no intestino do menino, que foi levado em estado grave a um hospital. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

Jessica foi acusada de assassinato, agressão em segundo grau e abuso. Ela disse ao namorado Brian Canady, de 24 anos, que o filho estava deixando ela louca e disse que o menino seria gay quando crescesse. O namorado dela também foi preso e será investigado por omissão ou até participação no crime.

Uma irmã da vítima, de 8 anos, contou ao tribunal que era normal que a mãe punisse as crianças com agressões e outros tipos de castigos. Uma das formas encontradas para punir o mau comportamento dos filhos era colocá-los com o rosto virado para a parede e os braços levantados por longos períodos. A menina e outro garoto, de 5 anos, apresentavam ferimentos nos quadris, peito, costas e nádegas.

Informação do NY Daily News.

Fonte/autoria: Gabriel Sartini | Ponta Grossa | ARede.info

continua após publicidade