Geral

Facebook faz dez anos; rede aposta na fragmentação

Da Redação ·
Facebook tem diversas versões móveis, com focos diferenciados (Foto: Pond5)
fonte:
Facebook tem diversas versões móveis, com focos diferenciados (Foto: Pond5)

Nesta terça-feira (4), o Facebook faz aniversário e comemora dez anos de rede social. A página foi criada em 2004 por Mark Zuckerberg e seus amigos e era destinada, inicialmente, para estudantes da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Com o passar dos anos, dez anos, a rede encontrou novos concorrentes, baseados em plataformas móveis, e mudou sua estratégia criando nada menos que dez aplicativos em que é possível acessar todo o site ou apenas funções específicas da rede.

O alcance global e a popularidade foram alavancados em 2006, quando a rede permitiu o acesso de pessoas de todo o mundo. Atualmente, mais de 1,2 bilhões de usuários estão conectados pela rede social de diversas formas: desktop, celular, tablet, smartTV, consoles de videogames e eletrônicos.
 

continua após publicidade
confira também



Criticado pelo desempenho dos seus aplicativos, que às vezes demoram a carregar ou travam durante o uso intenso, o Facebook continua apostando em sistemas independentes, que funcionam em smartphones e tablets fora da rede social, fragmentando a experiência de uso. O mais recente deles, o Facebook Paper, funciona como um leitor de notícias, mas apenas para dispositivos iOS (iPhone).

Porém, além do Facebook original e do novato leitor de conteúdo similar ao Flipboard, há outros oito aplicativos para completar a lista: Messenger, Camera, Adm Pages, Facebook Home, Poke, Facebook para iPad e Facebook Windows 8, além do Instagram, adquirido em 2012 pela rede social.

A fragmentação vem acompanhada de críticas, como a do fundador do Viber, aplicativo rival do WhatsApp, que não chega a ver o Facebook como um concorrente. Em entrevista na Campus Party, o criador do software, Talmon Marco, fez críticas à implementação do Messenger e ao rumo que tomou.

“O Facebook está sendo agressivo ao migrar o usuário para o Messenger. Sugere a troca de aplicativo, o que piora a experiência do usuário e consome mais energia do smartphone”, afirmou.

A favor ou contra o uso de diversos aplicativos com objetivo de dar mais alternativas ao usuário, quem se inscreveu no Facebook tem hoje vários caminhos para acessar a rede social. 

O TechTudo listou alguns deles, confira:

Facebook 

O aplicativo do Facebook está disponível, gratuitamente, para smartphones e tablets. Ele possui quase todas as funções da versão web: tem feed de notícias, fotos, permite o compartilhamento de páginas, curtidas e muito mais. O aplicativo envia notificações sobre atualizações na linha do tempo, como marcações em fotos, comentários e mensagens enviadas por inbox. É possível baixá-lo gratuitamente para seu Android, iOS, Windows Phone e BlackBerry.

Paper 

O Paper é o mais novo e primeiro aplicativo do Facebook Creative Apps – iniciativa que incentiva pequenas equipes do Facebook a desenvolver experiências móveis independentes. O recurso foi lançado dia 3 de fevereiro deste ano e funciona como leitor de notícias para dispositivos iOS. 

Ainda não baixou? Conheça o Paper, novo app do Facebook

Trata-se de uma repaginação do feed de notícias do Facebook, que aparece dividida em duas partes: uma com fotos e vídeos, outra com atualizações de status e links. Por meio desse aplicativo é possível visualizar e compartilhar conteúdo, bem como organizá-lo por categorias. 

Facebook Messenger 

Permite o envio de mensagens gratuitas entre amigos do Facebook e contatos de celular. Está disponível para aparelhos com iOS, Android, e na versão antiga para BlackBerry, Mozilla Firefox, Google Chrome e Windows. Na versão mais recente do software, disponível apenas para dispositivos como os sistemas operacionais Android e iOS, é possível conversar com pessoas que não sejam amigas no Facebook, por meio dos contatos telefônicos que também usem a aplicação. Também está incluído um botão que permite que usuários façam ligações gratuitas.

Facebook Camera 

Aplicativo que permite publicar e compartilhar uma ou mais imagens, de uma só vez, no perfil do Facebook. Estão incluídos recursos de filtros e edição de imagens, muito similares aos do Instagram.

Instagram 

Rede social gratuita para compartilhamento de fotos e vídeos. Foi comprada pelo Facebook em abril de 2012 por US$ 1 bilhão. O serviço é popular pela função de colocar filtros em imagens e vídeos. Depois de editar, os usuários publicam o resultado do app no perfil da rede social. Disponível para iOS, Android e Windows Phone – este último em versão beta.

Facebook Pages Manager

Aplicativo oficial da página de Mark Zuckerberg para Android e iOS. Foi desenvolvido para a administração das brand pages, que são perfis de negócios criados no Facebook. Por meio desse aplicativo, é possível visualizar o total de pessoas que curtiram a página, total de amigos de fãs que são atingidos diretamente, além da quantidade de pessoas falando sobre. Também pode-se analisar o tipo de curtidas (“likes”, em inglês), separadas por idade e sexo, por exemplo. 

Facebook Home 

Tem a proposta de transformar celulares em smartphones mais sociais, permitindo a customização da interface visual do sistema operacional dos dispositivos compatíveis. Com isso, os aparelhos ficam com a cara da rede social. Galaxy S3, Galaxy S4, Galaxy Note II, HTC First e o HTC One podem rodar o software. 

Facebook Poke 

A proposta é que usuários possam dar pequenos sinais aos seus contatos, por meio do envio de fotos, vídeos curtos e mensagens de texto com até 120 caracteres. A palavra “poke” vem do inglês, que significa cutucar. Por isso que é compartilhado pelo Poke e desaparece após um período determinado pelo remetente. O Facebook Poke está disponível gratuitamente para a plataforma da Apple e pode ser instalado no iPhone, iPad e iPod Touch com o iOS 5.1 ou superior.

Facebook para iPad 

Uma atualização da versão do Facebook, especialmente para iPads. O aplicativo tem um layout especialmente desenhado para o iOS 7, mas as novidades chegam para os aparelhos com iOS 5 ou superior.

Facebook para Windows 8 

Software do Facebook que roda no sistema operacional Windows 8, da Microsoft, e permite publicar status, fotos, fazer check-in e conversar via chat. Outras funcionalidades da rede social também são oferecidas como pedidos de amizade, caixa de entrada e contadores de notificação.

Fonte/autoria: 
TASSIA MORETZ /TechTudo