Geral

Corpos de casal de advogados assassinados são localizados

Da Redação ·
Corpos de casal de advogados assassinados são encontrados em rio - Arquivo Pessoal/otempo.com.br
fonte:
Corpos de casal de advogados assassinados são encontrados em rio - Arquivo Pessoal/otempo.com.br

Policiais civis utilizando um helicóptero avistaram os corpos do casal de advogados Alexandre Werneck de Oliveira, de 46 anos, e Lívia Viggiano Rocha Silveira, de 39, na tarde desta quarta-feira (8), assassinados na cidade de Conceição do Mato Dentro, na região Central do Estado de Minas Gerais. O local fica a cerca de quilômetros de onde a caminhonete da vítima foi encontrada incendiada.

Os dois corpos foram localizados depois de um sobrevoo no rio Santo Antônio, que fica a dez quilômetros do município onde aconteceu o crime. Seguindo o Corpo de Bombeiros, um corpo estava a cerca de 500 metros do outro. Ela estava nua, usando apenas meias e ele sem camisa, reforçando a suspeita de ela ter sido estuprada.

Nessa terça-feira (7), Marcos Magno Peixoto Faria, 25, e Helton Moreira de Castro, confessaram o assassinato de Alexandre Werneck de Oliveira, de 46 anos, e Lívia Viggiano Rocha Silveira, de 39. Um terceiro suspeito, um adolescente de 17 anos, teria participado do assalto, mas não das mortes. A polícia ainda investiga a participação do menor. Oliveira e Silveira foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) da capital para fazerem exame de corpo de delito e depois serão encaminhados para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira.

O casal teria sido abordado na Serra do Cipó, onde estavam hospedados em uma pousada, e levado até às margens do rio Santo Antônio, que fica a cerca de 10 quilômetros de Conceição do Mato Dentro.

Os suspeitos disseram que pegaram os celulares e R$ 170 das vítimas e, em seguida, executaram o casal e jogaram os corpos no rio.

Depois de cerca de um ano de namoro, em 2010, e algumas idas e vindas, o casal Alexandre Werneck de Oliveira, 46, e Lívia Viggiano Rocha Silveira, 39, tinha acabado de retomar o relacionamento, no fim do ano passado.

A viagem para a Serra do Cipó, na região Central de Minas, na última sexta-feira, foi planejada como uma espécie de lua de mel após o reencontro.

Oliveira e Lívia chegaram à Pousada Hotel Cipó Veraneio na última quinta-feira (2). Segundo o gerente do hotel, na sexta-feira (3), o casal acordou, tomou café da manhã, participou de atividades recreativas, almoçou e usou a piscina.

A felicidade dos dois, no entanto, foi interrompida por três criminosos, que os fizeram vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte), para levar dinheiro e celulares. Cada um deles deixa dois filhos adolescentes, de relacionamentos anteriores.

Fonte/autoria: FERNANDA VIEGAS JHONNY CAZETTA/otempo.com.br

continua após publicidade