Geral

Padrasto de Joaquim presta novo depoimento à polícia

Da Redação ·
No último depoimento, na semana passada, Natália afirmou que acredita que o marido possa ter matado Joaquim - imagem arquivo
No último depoimento, na semana passada, Natália afirmou que acredita que o marido possa ter matado Joaquim - imagem arquivo

RIBEIRÃO PRETO, SP, 27 de novembro (Folhapress) - Guilherme Raymo Longo, 28, padrasto do menino Joaquim Ponte Marques, 3, prestou novo depoimento à Polícia Civil de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) na manhã de hoje.

O delegado Paulo Henrique Martins de Castro, responsável pelas investigações, quer confrontar as versões dele com as apresentadas pela mãe da criança, Natália Mingoni Ponte, 29.

No último depoimento, na semana passada, Natália afirmou que acredita que o marido possa ter matado Joaquim. O corpo do garoto foi encontrado no último dia 10 no rio Pardo, em Barretos (423 km de São Paulo).

Hoje, a polícia inverteu os horários que costumava fazer para os depoimentos. Longo saiu de madrugada da cadeia onde está preso, em Barretos, e chegou no início da manhã a Ribeirão. Antes, os depoimentos eram no período da tarde.

Natália está presa na cadeia feminina de Franca (400 km de São Paulo). Ambos negam participação no crime.
 

continua após publicidade