Geral

Questão de química do Enem vira meme na internet

Da Redação ·
tecnologiasdeultimogrito.com - Imagem ilustrativa
fonte:
tecnologiasdeultimogrito.com - Imagem ilustrativa

SÃO PAULO, SP, 27 de outubro (Folhapress) - Uma questão de química do Enem deste ano virou meme na internet e febre no Facebook.

Trata-se de uma molécula orgânica que tem "forma humana". Lembra um boneco com olhos acenando tchau.

Segundo o Enem, essa molécula chama-se Nanokid e foi criada para estimular o interesse de jovens por química.

Para muitos alunos que fizeram a prova, a figura virou mesmo motivo de piada.
 

continua após publicidade
confira também



Após a aplicação do exame, alguns estudantes publicaram na internet suas "versões artísticas" de tal molécula desenhadas na própria prova do Enem.

No meio da tarde de hoje, um perfil do Nanokid já havia sido criado na rede social Facebook -e havia sido curtido por 22 mil pessoas.

A página, cuja descrição é "se tá difícil para mim, imagina para quem se atrasou e postou foto no Enem?"[sic], compilou versões do "NanoKid Darth Vader", "NanoKid dançando na chuva" e "NanoKid Lady Gaga".

O Nanokid também apareceu em mensagens de celular. Um sms com o desenho do personagem foi transmitido hoje, antes da prova, entre alguns dos participantes do Enem.

O texto informava: "Você recebeu o NanoKid da sorte mande para cinco amigos, se quiser gabaritar matemática hoje".

Na dúvida, Luccas Zambon e Larissa Galha, de 17 e 16 anos, que fizeram o Enem em São Paulo, acharam melhor encaminhar a mensagem adiante.

Atrasos

Além das brincadeiras com a molécula orgânica, outra tradição do Enem são os candidatos atrasados. Eles também estão na internet.

O tumblr Atraseienem (http://atraseienem.tumblr.com), criado um dia antes do exame publicou a fotos e vídeos de quem chora, se desespera, reclama ou até tenta pular o portão depois de ter perdido a prova.

Em uma das imagens -um vídeo- um candidato cai enquanto corria em direção ao portão do local do exame, desmaia e é carregado por um segurança ainda inconsciente para não perder a prova.