Geral

Papa Francisco atinge a marca de 10 milhões de seguidores

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Papa Francisco atinge a marca de 10 milhões de seguidores
Papa Francisco atinge a marca de 10 milhões de seguidores

O papa Francisco comemorou ontem (27) a marca de 10 milhões de seguidores no Twitter, em meio a esforços do Vaticano para disseminar a religião católica por meio de mídias sociais.

continua após publicidade
Queridos seguidores eu entendo que agora há mais de 10 milhões de vocês!', escreveu o pontífice em suas nove contas, que publicam simultaneamente em línguas incluindo latim, polaco e árabe.  
confira também



Eu agradeço a vocês com todo o meu coração e peço que continuem orando por mim', continuou.

O primeiro papa não-europeu em 1,3 mil anos triplicou o número de seguidores das contas @pontifex desde que sucedeu Bento 16 em março, de acordo com o Vaticano, que anunciou que Francisco atingiu a marca de 10 milhões após somar o número de seguidores de todos os perfis.

Isso torna o pontífice mais popular que o New York Times e logo atrás do rapper Kanye West, de acordo com sites.

Mas ele ainda precisa tuitar muito antes de alcançar as três pessoas mais seguidas no Twitter: as estrelas do pop Justin Bieber, Katy Perry e Lady Gaga, que têm mais de 40 milhões de seguidores cada.

O Vaticano tem interesse de longa data em usar as mais recentes tecnologias para manter contato com os 1,2 bilhão de católicos do mundo e disseminar a fé.

Em 28 de fevereiro, quando Bento 16 anunciou sua renúncia ao pontificado, o número dos seguidores era de três milhões e durante o período de tempo entre a escolha do novo papa, a conta foi suspensa, até ser reaberta em 17 de março, quatro dias após a eleição de Francisco, no dia 13.

O perfil @Pontifex registra um grande número de compartilhamentos e segundo o presidente do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais, Claudio María Celli, cerca de 60 milhões de mensagens do papa chegam aos usuários do microblog.