Geral

Líder hondurenho qualifica Unasul de arrogante

Da Redação ·

O presidente de Honduras, Porfirio "Pepe" Lobo, qualificou de "arrogantes e prepotentes" os lideres sul-americanos - incluindo o brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva - que ameaçaram boicotar a cúpula União Europeia-América Latina, dias 17 e 18, em Madri. O Brasil, acusa Lobo, está fazendo "chantagem".

continua após publicidade

O governo espanhol havia convidado o hondurenho eleito em novembro para o evento. Mas Lula, juntamente com os presidentes da Argentina, Cristina Kirchner, e da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou que não participaria da cúpula ao lado de Lobo.

continua após publicidade

"Não esqueçam que, quando se colocam em posições tão intransigentes - e até certo ponto com um alto nível de arrogância -, estão afetando o povo hondurenho. A arrogância e a prepotência de alguns levam, na realidade, a castigar um povo que não tem culpa", disse o hondurenho.

Lobo defendeu ainda a legitimidade de sua eleição. "Quero lembrar os países da Unasul que esse governo foi eleito democraticamente com uma presença maciça nas urnas", disse. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.