Geral

Acordo de paz com taleban pode incluir anistia e exílio

Da Redação ·

O Afeganistão estuda oferecer exílio a altos líderes do Taleban se eles concordarem em interromper a luta contra o governo, segundo um acordo de paz que está sendo formulado, informou o jornal britânico The Guardian nesta quinta-feira. A proposta é parte do Programa de Paz e Reintegração que será apresentado a líderes tribais durante uma conferência de paz ou "jirga" com líderes tribais e políticos do Afeganistão e das proximidades no final deste mês, disse o jornal.

continua após publicidade

O plano deve estar no topo da agenda quando o presidente afegão, Hamid Karzai, se reunir com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Washington, no dia 12 de maio, encontro descrito nesta semana pelo porta-voz do líder afegão como "extremamente importante". O documento analisado pelo The Guardian diz que líderes insurgentes podem receber "exílio num terceiro país", informa o jornal, acrescentando que a Arábia Saudita foi usada no passado com tais propósitos.

continua após publicidade

O documento também pede a realização de aulas de "desradicalização" para os insurgentes e a criação de milhares de novos trabalhos para que soldados renunciem à violência. Pelo plano, ex-combatentes que concordarem em baixar suas armas receberão anistia contra processos por quaisquer crimes que tenham cometido e treinamento para confecção de tapetes e alfaiataria. As informações são da Dow Jones.