Geral

Suspeita de raptar bebê é internada em São Paulo

Da Redação ·

A menina de 15 anos suspeita de se passar por estagiária e raptar um bebê recém-nascido da maternidade Leonor Mendes de Barros, no Brás, na tarde de terça-feira (4), está internada no Hospital Municipal Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Ela passa por exames de coleta que pretendem avaliar seu estado de saúde e confirmar a versão divulgada por seus pais sobre o aborto espontâneo que ela teria sofrido há quatro meses.

continua após publicidade

De acordo com Raquel Corregio, delegada responsável pelo caso, os pais da adolescente disseram que a menina estava feliz com a gravidez e que teria, inclusive, organizado um chá de bebê com as amigas para comemorar a chegada da filha. O aborto espontâneo, entretanto, teria motivado a garota a entrar disfarçada de estagiária na maternidade e sequestrar a menina recém-nascida.

continua após publicidade

- Nossa preocupação, agora, é apurar a responsabilidade do hospital.

Na manhã desta quinta-feira (6), a garota foi levada pelo pai à 4ª Vara Especial da Infância e da Juventude de São Paulo, onde a internação provisória da adolescente foi decretada. Ela foi ouvida na noite do crime e só prestará novos depoimentos se a investigação ou o laudo médico indicarem incoerência na versão apresentada por ela. Uma enfermeira já foi ouvida e outros funcionários deverão se apresentar na próxima semana.