Geral

Deficiente físico vai à escola em carrinho de mão

Da Redação ·
 A prefeitura alega que o garoto anda e não precisa da van
fonte: Gilson Vieira Do R7
A prefeitura alega que o garoto anda e não precisa da van

Hugo, de 10 anos, é portador de distúrbios neurológicos e motores e mora na periferia de Cariacica (ES). Há cerca de um ano, ele vai à escola dentro de um carrinho de mão, porque, segundo a família, a prefeitura não disponibiliza transporte especial para a criança.

continua após publicidade

O garoto precisa de botas ortopédicas, já que os pés estão atrofiando. Por causa desse problema, ele tem muitas dificuldades para andar.

continua após publicidade

Segundo a mãe, Solange Cristina Oliveira, a prefeitura alega que o aluno não precisa do transporte porque ele anda.