Geral

Aposentado público federal terá de atualizar cadastro

Da Redação ·

Aproximadamente 700 mil aposentados e pensionistas do serviço público federal terão de atualizar, anualmente, suas informações cadastrais para não correr o risco de ter o pagamento de seu benefício suspenso. A atualização dos dados será feita em três etapas, entre os meses de agosto e novembro, na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil.

continua após publicidade

Segundo a secretária-adjunta da Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Maria do Socorro Mendes Gomes, o governo vai desembolsar R$ 11,40 por cada benefício atualizado pelos bancos públicos.

continua após publicidade

Os aposentados e pensionistas que tiverem conta em outro banco - por exemplo, privado - terão de fazer a atualização de dados no BB. "Trata-se apenas de uma checagem dos dados", afirmou Maria do Socorro, acrescentando que de tabela também servirá para identificar possíveis irregularidades.A recomendação da secretária-adjunta é o aposentado agendar atendimento para evitar filas.

Os aposentados e pensionistas impossibilitados de comparecer ao BB ou à Caixa para atualização de seus dados, por motivo de doenças por exemplo, poderão ligar para número 0800, que ainda será criado, para solicitar a visita de uma assistente social do INSS. A atualização também poderá ser feita por procuração. Para atualizar os dados, o aposentado ou pensionista deve comparecer ao banco com os seguintes documentos: RG, CPF além do contracheque e o comprovante de residência.