Geral

Unasul elege Kirchner secretário-geral

Da Redação ·
 Líderes elegeram Kirchner nesta manhã
fonte: AFP
Líderes elegeram Kirchner nesta manhã

O deputado e presidente do Partido Justicialista da Argentina, Néstor Kirchner, foi eleito na manhã de hoje (4), por unanimidade, o primeiro secretário-geral da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). A eleição de Kirchner já era esperada, uma vez que o ex-presidente argentino já havia recebido publicamente o voto de vários dirigentes da Unasul, como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 

continua após publicidade

Antes de declarar o voto, Lula disse que a integração pretendida pela Unasul não é “coisa pequena, de alguns teóricos”. “Acho que descobrimos que somente nossa organização pode garantir um novo rumo para a América do Sul e para a América Latina”, destacou.
 

Segundo Lula, a eleição de Kirchner para a Secretaria-Geral da Unasul é mais uma etapa para a consolidação do grupo. “O Kirchner tem experiência, conhece o continente e também as dificuldades políticas e ideológicas que existem aqui. Acho que ele está 100% apto a ser um extraordinário secretário-geral da Unasul.”
 

continua após publicidade

O presidente do Equador, Rafael Correa, que presidia a Unasul temporariamente, empossou Kirchner no cargo. Para ele, os presidentes e chefes de Estado participaram de um momento histórico, “respondendo às exigências dos povos para a construção de uma América do Sul unida”.