Geral

Irã diz que ataque à Síria é 'erro perigoso'

Da Redação ·
Um oficial de alta patente da poderosa Guarda Revolucionária do Irã fez uma advertência aos EUA contra um ataque à Síria, ao dizer que este movimento pode ser um "erro perigoso". O general Hossein Salami, comandante da Guarda afirmou a um grupo de estudantes nesta terça-feira que um ataque contra o regime de Bashar Assad espalharia o "espírito da jihad" entre os muçulmanos e estimularia a animosidade contra o Ocidente. O general Salami afirmou que a Síria não está "sozinha". Assad é o principal aliado do Oriente Médio que apoia Teerã e suas forças, o Hezbollah no Líbano e o Hamas na Faixa de Gaza. O Irã não reconhece Israel.
continua após publicidade