Geral

"Black blocs" atiram esterco na sede da TV Globo

Da Redação ·

Por Diogenes Campanha SÃO PAULO, SP, 30 de agosto (Folhapress) - Cerca de 150 pessoas - de acordo coma a PM - protestam em frente à sede da Globo no bairro Brooklin, em São Paulo, em ato contra a emissora e pela "democratização da mídia". Manifestantes adeptos da tática de protesto "black bloc" jogaram dois sacos de esterco na calçada em frente à portaria do prédio. Os participantes do ato também pegaram o esterco caído no chão e atiraram-no no logo da emissora. Eles ainda picharam a entrada e usaram varas para, através do portão, quebrar lâmpadas situadas no chão que iluminavam o jardim. As duas pistas da marginal Pinheiros sentido Castello foram fechadas pelos manifestantes - uma com um aparelho de televisão jogado no chão, a outra, com uma placa incendiada e cones de trânsito retirados da rua. Quatro carros tentaram furar o bloqueio. Dois passaram em alta velocidade, um taxista teve o carro chutado, mas passou. O quarto veículo foi cercado e teve que recuar. Mais cedo, ainda a caminho da Globo, os manifestantes haviam bloqueado uma pista da avenida Berrini no sentido bairro. Voltando pela avenida, os "black blocs" atiram pedras em uma agência do Bradesco, uma agência do Itaú e em uma concessionária Toyota. A manifestação, que também contava com grupos militantes de esquerda, já dispersou.  

continua após publicidade