Geral

Voo para Xangai é desviado após "piada" sobre bomba

Da Redação ·

Um homem americano de 58 anos obrigou um voo da China Airlines com destino a Xangai a desviar a sua rota e realizar um pouso de emergência na cidade de Hangzhou, neste sábado. Segundo informações da agência New York Times, o homem teria dito a um comissário de bordo que havia uma bomba em meio às suas bagagens.
O voo 501, que realizava a rota entre Taipei e Xangai, pousou em segurança na localidade de Hangzhou. As autoridades chinesas realizaram uma busca pelas bagagens dos 297 passageiros e não encontraram nenhum explosivo. O homem, identificado apenas como Lin, foi preso após deixar a aeronave. Segundo a rede de televisão chinesa TVBS, ele teria dito às autoridades que a ameaça não passava de uma "piada".
Segundo o porta-voz da China Airlines, Bruce Chen, o homem estava viajando com um passaporte americano e agia "muito calmamente" quando informou à tripulação sobre a bomba. Chen ainda disse que ele não aparentava estar bêbado.
O governo chinês reforçou as medidas de seguranças nos aeroportos em razão da Expo Xangai 2010, inaugurada na sexta-feira.

continua após publicidade