Geral

Revista elege Obama o mais influente na internet

Da Redação ·
Estratégia online de Barack Obama influencia eleições em outros países, inclusive no Brasil
fonte: Jewel Samad/AFP
Estratégia online de Barack Obama influencia eleições em outros países, inclusive no Brasil

A revista norte-americana Time elegeu o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a pessoa mais influente nas redes sociais. Para fazer o levantamento, a publicação levou em conta aspectos como o número de seguidores no Twitter e as conexões no Facebook.

continua após publicidade

A campanha de Obama à Presidência dos Estados Unidos, em 2008, estabeleceu um novo padrão no que se refere à estratégia para a internet. Além de usar as redes sociais para se comunicar com os eleitores, Obama conseguiu arrecadar dinheiro usando foram cerca de US$ 500 milhões (R$ 890 milhões) obtidos por meio dos internautas. Na campanha eleitoral deste ano no Brasil, os partidos vão tentar fazer algo semelhante. O PT inclusive contratou profissionais que trabalharam na campanha do presidente dos EUA.

continua após publicidade

Apesar de um político estar no topo da lista, são os artistas que dominam as dez primeiras posições. Depois de Obama, aparecem a cantora Lady Gaga, o ator Ashton Kutcher , a cantora Taylor Swift e a apresentadora de TV Oprah Winfrey, os atores Robert Pattinson e Ben Stiller, a tenista Serena Williams, o comediante Conan O'Brien e o ator Jet Li.

continua após publicidade

A revista Time reconhece que a medição da influência nas redes sociais está "longe da perfeição", já que tende a "premiar os novos em vez dos velhos, artistas em vez de cientistas e pensadores".

Mas, segundo a revista, em alguns casos a medição se aplica bem e permite indicar "quem tem mais habilidade de mudar nossas conversas em um certo momento".