Geral

MP denuncia irmão de Popó e seis policiais na BA

Da Redação ·

O irmão de Acelino Popó Freitas, Luís Cláudio Freitas, foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia e vai responder pelo assassinato de Moisés Magalhães Pinheiro, ocorrido em setembro de 2009. Além dele, a promotora de Justiça Isabel Adelaide de Andrade Moura entrou com denúncia contra seis policiais.

continua após publicidade

De acordo com as investigações, Luís Cláudio teria problemas com o namoro de sua filha de 17 anos com Jônatas Almeida dos Santos Dantas, colega de Moisés, que conseguiu escapar de ser assassinado.

continua após publicidade

O advogado de Luís Cláudio, Sérgio Habib, confirmou que o irmão de Popó teria ficado chateado com o namoro da filha, mas nega o envolvimento do homem no crime.

continua após publicidade

- Nós vamos agora provar que Luís Cláudio é inocente e não tem ligações com os outros acusados. O único fato que ligaria o Luís ao crime seriam os telefonemas com os polícias, encontrados quando houve a quebra de sigilo telefônico. Vamos mostrar que as ligações tinham a ver com a academia do Luís, que era frequentada pelos polícias.

Os policiais militares Philiph Gustavo Brito Souza, Arnaldo Rodrigues Conceição Filho, Julimar dos Santos Batista e Élcio Alves de Carvalho e Antoniel Paixão Conceição e o agente civil Hamlet Robson Magalhães Escoredo Fernandes também responderão pelo crime.

continua após publicidade

Em 2009, Popó também foi apontado como um dos mandantes do crime. Porém a investigação concluiu que não havia provas para continuar com o caso.