Geral

Funcionário se demite e deixa empresa só de cuecas

Da Redação ·
  Mais constrangedor ainda é posar só de cuequinha para o jornal local
fonte: Reprodução/Sata24
Mais constrangedor ainda é posar só de cuequinha para o jornal local

Olha só a situação deste croata. Alen Rabak, 34 anos, trabalhava em uma companhia de gás, em Porec.

continua após publicidade

Já fazia sete anos que o sujeito trampava no lugar. Era considerado um funcionário competente, que nunca falta ao serviço.

continua após publicidade

Mas, tem horas que a gente não aguenta mais a mesmice do trabalho. Rabak sentiu a rotina bater na sua vida e resolveu pedir as contas.

continua após publicidade

Respirou fundo, foi até a sala do patrão e disse que iria se demitir. Ele aguardava saber quantos dias de aviso prévio teria de cumprir, quando o chefe, irado, disse para ele sair da companhia naquele mesmo instante.

Mas, tinha um problema. Rabak vestia um uniforme de segurança da empresa. Um patrão minimamente compreensivo mandaria o cara trazer a roupa no dia seguinte, correto?

continua após publicidade

Este não é o caso do chefe de Rabak. O funcionário teve de tirar a roupa ali mesmo e foi obrigado a ir embora só de cuecas.

- Ele disse que a roupa era de propriedade da firma e mandou eu tirar meu traseiro da frente dele. Fui para casa de cuecas.