Geral

Sem-terra invadem sede do Incra em MS

Da Redação ·

Um grupo de quase 250 militantes sem-terra ligados à Federação da Agricultura Familiar (FAF) ocupou hoje a sede da superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Os manifestantes se concentraram na garagem nos fundos do prédio, obrigando a retirada de todos os carros do local, já que o superintendente Waldir Cipriano Nascimento trancou as portas de acesso ao imóvel e afirmou negociar apenas com uma comissão de, no máximo, seis líderes dos invasores.

continua após publicidade

José Francisco dos Santos, 52 anos, coordenador da FAF, entregou a Nascimento as reivindicações, que vão desde assistência médica para os acampados em barracas de lona plástica até vistorias em fazendas apontadas pelo movimento, como passíveis de desapropriação.

continua após publicidade

O documento será analisado pelo superintendente no período da tarde, depois que os manifestantes formarem a comissão de negociação. "Não viajamos mais de 600 quilômetros por nada. Só sairemos daqui com a concretização das propostas, devidamente assinadas pelos dirigentes do Incra", disse Santos.