Geral

Lea Michele e família de Cory Monteith estão "sofrendo juntos"

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 16 de julho (Folhapress) - A atriz Lea Michele, 26, que namorava Cory Monteith, seu colega de elenco na série "Glee", está "sofrendo ao lado da família dele", segundo comunicado emitido à imprensa hoje.

"Lea é profundamente grata por todo o amor e apoio que ela tem recebido da família, dos amigos e dos fãs", dizia a nota, escrita por seus agentes.

"Desde a morte de Cory, Lea tem sofrido ao lado da família dele e feito os arranjos apropriados com eles. Estão dando apoio uns aos outros enquanto enfrentam essa grande perda juntos. Nós continuamos a pedir à imprensa que respeite a privacidade de Lea e da família de Cory."

Michele e Monteith levaram para a vida real o romance entre seus personagens de Glee, Rachel Berry e Finn Hudson. Os dois estavam juntos há mais de um ano, e Monteith admitiu que a namorava no final do ano passado, no programa "The Ellen DeGeneres Show".

Em entrevistas, a atriz chegou a comparar os personagens do casal a Rachel e Ross, da série "Friends", expressando desejo de que eles terminassem juntos.

Em março, Monteith deu entrada numa clínica de reabilitação para dependentes químicos, atitude que motivou Lea Michele a apoiá-lo e se dizer "orgulhosa" dele. O ator deixou a instituição um mês depois.

A série "Glee" tem mais duas temporadas garantidas por contrato. Ainda não se sabe como os produtores lidarão com a morte de Cory Monteith, que interpretava um dos protagonistas.
 

continua após publicidade