Geral

Premiê do Egito não descarta Irmandade no governo

Da Redação ·
O primeiro-ministro do Egito, Hazem al-Beblawi, disse nesta quinta-feira que não descarta conceder postos para a Irmandade Muçulmana em um novo gabinete, se os candidatos foram devidamente qualificados. "Eu não olho para a associação política... Se alguém é nomeado do Partido Liberdade e Justiça (da Irmandade), se ele for qualificado para o cargo", ele pode ser considerado, disse Beblawi à AFP. Fonte: Dow Jones Newswires.
continua após publicidade